segunda-feira, 20 de janeiro de 2014

ENERGIA PURA - A Beleza que existe dentro de cada um de nós!


Atentem para o diálogo entre Powder e sua amiga e veja quanta sabedoria, sensibilidade e evolução espiritual nas palavras do personagem vivido por Jeremy Reed (o ator Sean Patrick Flanery), também conhecido como Powder ou Talco (tradução em português). Transcrevi abaixo, apenas a fala dele, pois confesso que “foi bem fundo” e me fizeram refletir muito acerca das atitudes insensatas, egoístas e individualistas, que a maioria de nós, seres humanos, temos, somos e agimos, consciente e/ou inconscientemente, com o nosso próximo, com os animais e com toda a natureza, criada para nós mesmos. Vale a pena ouvir e pensar um pouco em relação a profundidade e alcance que esse rapaz (personagem), disse em poucos minutos, mas que traduz uma triste e cruel realidade a qual vivemos... Mas que acredito que ainda há tempo de mudarmos e fazermos diferente, sermos melhores e ensinarmos mais e melhor nossos jovens e as gerações que ainda virão, que vale a pena acreditar na transformação e na beleza que existe dentro de cada um de nós e da CONEXÃO que temos com tudo e todos e principalmente com A FORÇA MAIOR... Fica ai o convite a reflexão e, para aqueles que ainda não assistiram ao filme, que o façam, quando tiverem oportunidade. 




“Dentro da maioria das pessoas há uma sensação de isolamento... isoladas de todo o resto... E não estão, são parte de absolutamente todos e de tudo... Isso é porque você tem um lugar (ele coloca do dedo no centro da testa da moça), que não consegue ultrapassar... meus avos tinham isso também, um lugar onde aprenderam que podiam se desligar de tudo... é a beleza que eles tem dentro de si e, que não há motivo para se esconder, nem mentir e que é possível conversar com alguém sem precisar mentir, sem nenhum sarcasmo, nem trapaças, nem exageros, nem nenhuma das coisas que as pessoas usam para confundir a verdade". (a moça diz: - "não conheço nenhuma pessoa que faça isso"!)


Algumas frases dos precursores da Psicanálise, que corrobora com a “verdade” e a “realidade” do homem...

 
"Eu olho pra você e acredito que um dia... a Humanidade poderá superar a Tecnologia."


“Onde o amor impera, não há desejo de poder; e onde o poder predomina, há falta de amor. Um é a sombra do outro”. (Pensamentos de Jung)

“Onde acaba o amor têm início o poder, a violência e o terror”. (Frases de Jung)

“Nós precisamos entender melhor a natureza humana, porque o único perigo real que realmente existe é o próprio homem”. (Frases de Jung)

“Existem momentos na vida da gente, em que as palavras perdem o sentido ou parecem inúteis, e, por mais que a gente pense numa forma de empregá-las elas parecem não servir. Então a gente não diz, apenas sente.” (Sigmund Freud)

“A maioria das pessoas não quer realmente a liberdade, pois liberdade envolve responsabilidade, e a maioria das pessoas tem medo de responsabilidade.” (Sigmund Freud)

 “Quando a dor de não estar vivendo for maior que o medo da mudança, a pessoa muda.”
(Sigmund Freud)

 Sinopse e detalhes
1995 – EUA. Direção de Victor Salva com Sean Patrick Flanery, Mary Steenburgen, Jeff Goldblum, Ray Wise Ao investigar a morte de um velho em uma propriedade rural, Barnum (Lance Henriksen), o xerife local, descobre Powder (Sean Patrick Flanery) - seu verdadeiro nome é Jeremy Reed -, um adolescente que era neto do falecido e que tinha passado toda a sua vida conhecendo o mundo através dos livros, sem nunca ter deixado a fazenda da família, tudo isto por ter uma aparência estranha (é totalmente branco). Powder é levado para um orfanato, mas é hostilizado pelos outros internos em virtude do seu aspecto.
               
Este filme é uma ficção que retrata a trajetória de um jovem muito especial, com potencialidades paranormais. Ele demonstra ter dons particulares além de ter o intelecto mais elevado que qualquer ser humano jamais teve, passando a alterar a vida de todos que estão ao seu redor. Contudo, o que mais encanta os telespectadores é a sua sensibilidade. Embora seja uma ficção, vale a pena assistir, pois estimulará a imaginação. O personagem utiliza todas as suas potencialidades. Uma fábula surpreendente e maravilhosa de esperança. Se todos nós tivéssemos a inteligência de Powder, o mundo ficaria muito pior, mas se também tivéssemos o amor que ele transmite e a sensibilidade que ele é capaz de demonstrar em suas atitudes, a vida aqui na terra seria, ainda mais maravilhosa!!!
  
Alguns Comentários:
Permite profundas reflexões sobre a vida, os seres humanos e os preconceitos que nos limitam na construção de um mundo melhor. Excelente! (Gislene H)
  
Este não é de longe o melhor filme que ilustra o preconceito contra as diferenças raciais. Mas a questão aqui abordada está muito além disso, eu poderia utilizar outros mas escolhi este porque achei que seria mais interessante. Energia pura (tradução livre para Powder) é um desses filmes típicos de sessão da tarde mas que traz uma carga muito alta de crítica social. O filme aborda diversos temas relevantes como a discriminação social, intolerância, ignorância, costumes e além de abordar uma conhecida teoria darwiniana de que tudo se transforma neste universo (e segundo o filme, em energia). No entanto, ao rever este filme ficou bastante claro como o tratamento do tema “evolução humanaainda é tabu em nossa sociedade e como a maioria das pessoas ainda são extremamente ignorantes. O aspecto que mais me chama a atenção neste filme é o paralelo que tracei com a nossa realidade em que o ser humano naturalmente é um ser intolerante e incapaz de conviver com as diferenças, quem o dirá com as transformações. Para quem gosta de filmes de ficção científica este talvez não seja o mais indicado, mas para quem gosta de um bom filme que traz reflexões sobre o comportamento humano, este sim sem dúvida é um bom objeto de estudo e análise. (Preconceito além da ciência – Carla Correa)


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...