quinta-feira, 10 de novembro de 2016

Perda de Apetite

Apetite reduzido: tratamentos e causas

O que é Apetite reduzido?
 
Apetite reduzido é quando a pessoa tem menos vontade de comer. Também pode ser conhecido como perda de apetite ou anorexia. São muitas as possíveis causas para este sintoma, desde doenças físicas até condições mentais.

O apetite reduzido causa perda de peso inesperado podendo levar à desnutrição, o que pode ser sério se não tratado. O sintoma é ainda potencialmente mais perigoso quando apresentado em pessoas idosas.

Causas
Existem diversas causas para o apetite reduzido, dentre elas:

- Infecção viral ou bacteriana
- Causas psicológicas, como estar ansioso, estressado, nervoso, triste, depressivo, entre outros
- Doenças psiquiátricas, especialmente Anorexia Nervosa e Bulimia
- Fazer uso de certos medicamentos ou drogas ilegais
- Estar no primeiro trimestre de gestação.

Ter uma das seguintes doenças também pode ser a causa do apetite reduzido:

- Problemas nos rins ou fígado
- Insuficiência cardíaca
- Demência
- HIV
- Hepatites
- Distúrbios da Tireoide
- Alguns tipos de câncer, como os de ovário, estômago ou pâncreas.



Buscando ajuda médica
É importante buscar ajuda médica caso o paciente comece a perder peso rapidamente e sem uma razão aparente. Perdas involuntárias de 10% do peso já são relevantes, sendo que perdas acima de 20% se associam com desnutrição e gravidade. Também procure ajuda caso acredite que a falta de apetite possa estar relacionada à depressão, abuso de álcool ou alguma desordem alimentar, como anorexia nervosa.

Idosos também podem ser mais suscetíveis a esse sintoma, e a desnutrição acontece rapidamente, deixando-os mais fadigados e fracos. Por isso, qualquer perda de peso não intencional em idosos deve ser encarada de forma séria, precisa-se investigar a causa e incentivá-lo a se alimentar corretamente.

Diagnóstico de Apetite reduzido
O diagnóstico de apetite reduzido se dará de acordo com a suspeita médica em relação à causa do problema, de acordo com a história clínica, sinais e sintomas apresentados pelo paciente.


Tratamento e cuidados
O tratamento para apetite reduzido dependerá essencialmente da causa do problema. Raramente se utilizam estimulantes do apetite, já que não são muito eficazes.

Se for causado por uma infecção aguda, viral ou bacteriana, ele se resolverá tão logo a infecção seja tratada, não causando maiores danos ao paciente. Se a perda de apetite for ocasionada por algum problema crônico mais grave, como um câncer, pode ser mais difícil recuperá-lo. Nessa circunstância deve-se buscar todo tipo de estímulo positivo, saindo da monotonia, como buscar alimentos e pratos favoritos (restaurantes que gosta), comer em ambiente agradável, com boas companhias na hora da refeição (família, amigos, etc).

A prática de exercícios também pode ajudar a aumentar o apetite, o importante é seguir a recomendação médica para cada caso. Além disso, o médico pode incentivar o paciente a comer pequenas quantidades de comida a cada duas horas, passar dietas especiais ou recomendar algum tipo de proteína ou suplemento.

Se a pessoa já estiver desnutrida, ele pode solicitar que o paciente tome suplementos alimentares ou mesmo nutrientes por via endovenosa.

Convivendo (prognóstico)
- Complicações possíveis
- Desnutrição
- Fadiga extrema
- Batimento cardíaco acelerado
- Irritabilidade
- Febre
- Insuficiência renal
- Alterações hormonais.

Expectativas
Se o apetite reduzido for tratado, dependendo da causa, ele não gerará nenhum problema para o paciente que logo estará bem novamente.



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...